Chapada das Mesas

Atrativos retomam suas atividades turísticas gradativamente

O Sebrae tem sido um aliado dos empresários do trade e tem prestado total apoio para que os destinos se adequem aos protocolos de segurança contra o novo coronavírus e se tornem mais seguros.

Atrativos de alguns municípios do Polo Turístico da Chapada das Mesas estão voltando gradativamente as suas atividades, como é o caso das cidades de Carolina, Riachão e Fortaleza dos Nogueiras. Com a pandemia do novo coronavírus, os pontos turísticos da região estão a cerca de 4 meses sem receber visitantes.

A Prefeitura de Carolina, no último dia 17, publicou decreto com as devidas permissões e protocolo de segurança, para que os atrativos localizados no município pudessem se adequar e ficassem aptos a funcionar. Laís Cunha, administradora do atrativo turístico Cachoeiras do Itapecuru, localizado em Carolina, principal cidade do polo, frisou o que tem sido adotado e como tem sido essa retomada.

"Fomos autorizados pela prefeitura municipal, no último decreto, a retornarmos as atividades e para isso nos adequamos aos protocolos de segurança do Ministério do Turismo, fomos fiscalizados e estamos aptos para a retomada. Por enquanto a liberação é de 60% da capacidade de público e a cada 15 dias serão analisados os dados dos boletins da Secretaria Municipal de Saúde com os números de infectados de Covid-19, assim permitindo ou não a continuação das atividades. No entanto, com ajuda do Sebrae, o qual já vinha auxiliando, disponibilizando informativos e acompanhando atrativos de outras regiões turísticas para esse momento de reabertura, nós empreendedores da Chapada das Mesas estávamos nos preparando para essa retomada", destacou Cunha.

O Sebrae Maranhão atende o Polo Turístico da Chapada das Mesas com ações da Atividade de Atendimento Turismo na Chapada das Mesas e recentemente  realizou um levantamento de demandas junto aos seus clientes, para que as ações sejam realizadas de acordo com as demandas apresentadas por  empresários do trade.

A atividade é uma parceria entre o Sebrae Nacional e Sebrae Maranhão, para a realização de atividades de apoio ao setor do turismo, que serão executadas no período de agosto a novembro/2020. No Maranhão, além da Chapada das Mesas, a Rota das Emoções será contemplada com ações do projeto.

A gestora de projetos do Sebrae, Sandra Barcelos, responsável pelo atendimento do turismo na região da Chapada das Mesas, destacou esse momento socioeconômico vivido pelas empresas do setor e ressaltou a atuação do Sebrae nesse processo e principalmente nessa retomada das atividades.

"Os municípios estão retomando as atividades aos poucos e contam com a orientação das secretarias municipais de Turismo e Saúde, na implantação dos protocolos para a reabertura dos estabelecimentos, a exemplo de Riachão e Carolina. O Sebrae esteve sempre presente e nesse momento de reabertura, tem apoiado e orientado da melhor forma os empreendedores do setor para que retornem as atividades de maneira segura. Para isso, disponibilizou em sua plataforma online vários materiais informativos para a implantação do protocolo de segurança, o que tem ajudado significativamente os nossos clientes", destacou Barcelos.   

O polo turístico da Chapada das Mesas é composto por 12 municípios, desses, seis municípios são atendidos pela Atividade de Turismo do Sebrae em Balsas, as cidades de Balsas, Fortaleza dos Nogueiras, Tasso Fragoso, Alto Parnaíba, Riachão e Carolina.   

 É importante ressaltar, que o funcionamento desses atrativos turísticos naturais na região está acontecendo gradativamente e sendo fiscalizados pelas órgãos de saúde e prefeituras municipais dos seus respectivos territórios. O gerente regional do Sebrae em Balsas, André Veras, destaca a importância de parcerias entre Sebrae e Prefeituras Municipais e frisa que é de inteira responsabilidade administrativa essas fiscalizações.

"O Sebrae como parceiro tem a missão de apoiar e orientar os empresários nesse momento de implantação dos protocolos de segurança, recomendados pelas autoridades de saúde. Além disso, também temos ofertado soluções que podem ser implementadas nas empresas nesse momento de retomada, disponibilizando consultoria em gestão de negócios, orientando como gerir o empreendimento, como atrair novos clientes, como administrar com menos e manter o controle de qualidade, adotando claro, todos os cuidados de segurança", ressaltou Veras.

BIOSSEGURANÇA

O Sebrae preparou e está disponibilizando um conjunto de protocolos sanitários com orientações práticas que tem como principal objetivo, garantir a retomada dos negócios mantendo os devidos cuidados para minimizar os riscos de contágio pela Covid-19.

Ao todo são 35 documentos preparados para atender 47 segmentos da economia que correspondem a 75% dos pequenos negócios no Brasil, entre eles o turismo, que só em 2019 faturou quase R$ 140 bilhões, segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Os empresários podem acessar o conjunto de protocolos de biossegurança através do portal www.sebrae.com.br, lá as orientações estão divididas por segmento. Para o turismo, foram elaboradas medidas que contemplam meios de hospedagem, atividades de turismo em áreas naturais, agências de turismo, artesanato e empresas que tenham o turismo de negócios e eventos como mercado.

Outras iniciativas como a possibilidade de contratação de consultorias online e pacotes de consultorias específicas em biossegurança, estão sendo formatadas pela equipe de especialistas da instituição, por meio do Programa Sebraetec.

 

Mais informações:

Assessoria de Imprensa do Sebrae no Maranhão

(98) 3216-6133

(98) 9 9189-4245

 

Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

Facebook.com/sebraema

Youtube/umcsebraema

Twitter: @Sebrae_Ma

Instagram: @SebraeMaranhao