Casarão Graça Aranha abrigará Centro de Interpretação do Centro Histórico de São Luís

Sebrae assina Termo de Cessão do prédio da Praça D. Pedro II para a Prefeitura de São Luís alocar o espaço de exposição permanente sobre a história da cidade e de sua gente

Consolidando ainda mais o compromisso com São Luís e a parceria com a Prefeitura Municipal neste mês de aniversário dos 409 anos da cidade, o Sebrae, por meio do seu Conselho Deliberativo e Diretoria Executiva, assinou, na manhã de hoje,  o Termo de Cessão, a favor do  Município, do casarão onde morou o poeta Graça Aranha, localizado na Praça D. Pedro II. O local abrigará o Centro de Interpretação do Centro Histórico de São Luís.

 

 

A solenidade de assinatura do documento contou com a presença do prefeito Eduardo Braide; presidente da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph), Kátia Bogéa; secretário municipal de Turismo, Saulo Ribeiro dos Santos; secretário municipal de Cultura, Marcos Duailibe; superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Maranhão (Iphan/MA), Marcelo Itapary; além de representantes empresariais e do trade turístico, como Edilson Baldez (presidente da Fiema), Cristiano Fernandes (presidente da Associação Comercial do Maranhão), Armando Ferreira (vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Maranhão – ABIH e do Conselho Municipal de Turismo) e staff do Sebrae Maranhão – Raimundo Coelho (presidente do Conselho Deliberativo), Albertino Leal de Barros Filho (diretor superintendente), Maiuro Borralho de Andrade (diretor técnico) e Rachel Miranda Jordão (diretora de Administração e Finanças).

 

A cessão do prédio será por dez anos, podendo ser renovada a cada década, caso o pleito tenha votação favorável dos conselheiros do Sebrae Maranhão, que atuam de maneira deliberativa na instituição e que validaram o pleito da cessão, proposto pela Prefeitura Municipal.

 

 

“O casarão de Graça Aranha é um prédio icônico, está dentro do conjunto arquitetônico do nosso Centro Histórico, no local onde a cidade nasceu e foi residência de um dos grandes poetas pré-modernistas do Brasil, imortal da Academia Brasileira de Letras e um dos organizadores da Semana de Arte Moderna de 1922. Os conselheiros levaram tudo isso em consideração quando votou favoravelmente à cessão do prédio para abrigar o Centro de Interpretação Turística de São Luís, uma cessão com valor nobre e um presente para a nossa querida São Luís que acaba de completar 409 anos”, destacou o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae, Raimundo Coelho.

 

O casarão onde viveu o poeta Graça Aranha, de propriedade do Sebrae, já abrigou estruturas administrativas da instituição, bem como espaços de parceiros, como o extinto Instituto de Desenvolvimento do Artesanato Maranhense (Idam). Atualmente desativado, o espaço será revitalizado nesta cessão ao município que integra o Programa Cidade Empreendedora, idealizado e executado pelo Sebrae com intuito de gerar desenvolvimento orgânico e contínuo no território, com a valorização das potencialidades econômicas locais.

 

“Agradecemos essa decisão do Conselho Deliberativo do Sebrae estadual que se traduzirá em um bem especial para visitantes e todos os ludovicenses. Um lugar onde possamos conhecer mais e apreciar nossa história. Ao Sebrae, destacamos a parceria e, principalmente, o compromisso de cuidarmos muito bem do seu patrimônio durante todo o tempo em que estará sob a administração da gestão municipal”, assinalou o prefeito Eduardo Braide.  

 

A parceria referente ao Centro de Interpretação do Centro Histórico de São Luís envolve a Prefeitura Municipal, Sebrae, Iphan, Organização Brasileira das Cidades Patrimônio Mundial (OCBPM), da Organização das Nações Unidas para a Ciência, Educação e Cultura (UNESCO) e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que está alocando recursos não reembolsáveis para estruturação desses equipamentos turísticos em cidades brasileiras declarados Patrimônio

Histórico

As articulações para São Luís entrar na lista das cidades beneficiadas com um CIT remontam a 2019, quando o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) liderou uma missão técnica a Portugal com 24 prefeituras e instituições brasileiras – incluindo representantes maranhenses, como o diretor superintendente do Sebrae, Albertino Leal de Barros Filho. Se não fosse a pandemia, a capital maranhense já teria sido contemplada, no ano passado, juntamente com Salvador, para abrigar os dois primeiros projetos-piloto de seus respectivos centros de Interpretação.

 

“Em Portugal, conhecemos de perto esses espaços e o quanto eles se tornam pontos de apoio e importantes referências para o turista e o visitante de uma cidade, descortinando sua história, cultura e o saber fazer de sua gente. Para nós do Sebrae é uma grande honra participarmos dessa construção, contribuindo com a cessão oficial do Casarão Graça Aranha, a qual fazemos, agora, a entrega oficial para a gestão pública municipal”, declarou Albertino Leal de Barros Filho.

 

“Os Centros de Interpretação são espaços de atendimento, com informações sobre atrativos locais, programação cultural e outros serviços e produtos voltados a quem nos visita. São espaços de negócios e de produção de conteúdo, onde se concentram as informações concernentes a uma cidade, utilizando recursos modernos e uma linguagem acessível para todos”, explicou a presidente da Fumph, Kátia Bogéa.

 

As articulações nacionais para a implantação de Centros de Interpretação em cidades Patrimônio da Humanidade deram início no Brasil logo após a missão a Portugal. “São equipamentos valiosos que somam com os demais no atendimento aos turistas e visitantes dos destinos patrimoniais, sem contar que tornam-se espaços de referência histórica aos moradores do lugar”, sinalizou o secretário municipal de turismo, Saulo Ribeiro dos Santos.

 

Para a implantação do Centro de Interpretação do Centro Histórico de São Luís, o Município contará os projetos e executará as obras nos próximos 18 meses. Logo após a assinatura do Termo de Cessão, as autoridades e convidados conheceram as dependência do Casarão Graça Aranha, sendo recebidos pelo ator maranhense Uimar Júnior, caracterizado como o escritor e interagindo com o público.

 

 

Mais informações:

Assessoria de Imprensa do Sebrae no Maranhão

 Contato:

(98) 3216-6133

Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

Facebook.com/sebraema

Youtube/umcsebraema

Twitter: @Sebrae_Ma

Instagram: @SebraeMaranhao