COVID-19

Parceria cria vitrine digital para ajudar MPEs durante pandemia

Startups se unem para busca de soluções que minimizem impactos econômicos sobre pequenos negócios.

O Sebrae, em parceria com o movimento #StartupsVsCovid19, já disponibiliza uma vitrine digital com soluções e negócios inovadores para ajudar os pequenos negócios mais afetados pela crise provocada pelo novo Coronavírus. Nesta primeira fase do projeto, aproximadamente 220 startups que já participam do movimento, foram selecionadas para ganhar o selo da campanha “Compre do Pequeno”.

 

A proposta da parceria é mapear startups e outros negócios inovadores com capacidade de oferecer soluções prontas para que as micro e pequenas empresas enfrentem os desafios impostos pela pandemia, principalmente aquelas mais tradicionais, que não possuem caixa para se sustentar por muito tempo com as portas fechadas e não possuem tecnologia para modificar as fontes de receita rapidamente.

 

Dentre os principais segmentos atingidos pela crise destacam-se: varejo e atacado, construção civil, moda, beleza, automotivo, educação, turismo, transporte e mobilidade, entre outros. A seleção das startups leva em consideração as áreas estratégicas para esses segmentos, como vendas online, marketing e comunicação digital, finanças, gestão de pessoas, gestão de fornecedores, gestão de processos e controle, trabalho remoto, delivery e logística de entrega, cuidados com saúde e higiene e educação.

 

O movimento #StartupVsCovid19 é uma iniciativa do Instituto Gonew, que tem se fortalecido com diversos apoios, como o da Associação Brasileira de Startups (Abstartups) e da Associação Brasileira de Empresas de Software (Abes). Além de apresentar soluções que ajudem a mitigar direta ou indiretamente os efeitos da doença, também pretende fomentar a inovação e a criação de soluções. De acordo com os organizadores, neste momento, mais do que nunca, precisamos pensar coletivamente e ter empatia em unir iniciativas de forma coordenada.

 

De acordo com a analista do Sebrae Paula Waldira Ferreira, gestora do projeto de Startups na Região Metropolitana de São Luís, cujo primeiro ciclo encerrou-se agora em 2020, trata-se de uma iniciativa importante neste cenário de pandemia. “Ações que estimulem o ecossistema de inovação para o enfretamento do Covid-19 são fundamentais neste momento, se pensarmos na agilidade e capacidade das startups para gerar soluções inovadoras”.

 

Segundo ela, com a capilaridade do Sebrae em todo o Brasil e o alcance do movimento #StartupsVsCovid19, associado ao impacto da campanha Compre do Pequeno Negócio, essa iniciativa pode ajudar com soluções práticas e úteis para os pequenos negócios, que sofrem os maiores impactos na crise gerada pela pandemia.

 

Live

Para marcar o lançamento da parceria, o Sebrae e o movimento #StartupVsCovid19 realizaram na tarde de ontem (terça-feira,5), a live "Soluções de startups para pequenos negócios enfrentarem a crise gerada pela pandemia do Coronavírus", com a participação de startups integrantes da vitrine digital e donos de pequenos negócios tradicionais impactados pela pandemia. A live está disponível nas redes sociais do Sebrae (Youtube, Facebook e Instagram).

 

 

 

Mais informações:

Assessoria de Imprensa do Sebrae no Maranhão

(98) 3216-6133

 

Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

Facebook.com/sebraema

Youtube/umcsebraema

Twitter: @Sebrae_Ma

Instagram: @SebraeMaranhao