Dia de Campo

Produtores de cachaça do Sertão Maranhense participam de Dia de Campo

Evento aconteceu no alambique da cachaça Baixão do Cosmo, em Sucupira do Riachão e contou com a participação de parceiros institucionais como o Sebrae.

Um dia para ficar marcado na memória dos produtores de cachaça do município de Sucupira do Riachão e entorno. Assim foi o último sábado, 23, durante o Dia de Campo  promovido pelo Sebrae e pelo Senar, em parceria com o alambique Baixão do Cosmo, do empreendedor Luís Fonseca. 

O evento contou com a presença do presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão, Raimundo Coelho de Sousa; do gerente técnico do Senar, Carlos Feitosa; e das equipes do Sebrae e Senar. Participaram, também, produtores de cachaça de municípios como Mirador, São João dos Patos e Caxias, além de Sucupira do Riachão. 

Nessas localidades, Sebrae e Senar atendem a um grupo de 13 alambiques, dando orientações sobre implantação de tecnologia e comercialização da cachaça. As duas instituições são parceiras na execução do Programa AgroNordeste no Maranhão, uma estratégia do Governo Federal para levar desenvolvimento aos pequenos negócios do campo na região Norte e Nordeste.. 

Iniciando as atividades do Dia de Campo, a equipe do Senar promoveu uma explanação sobre a produção de cana-de-açúcar, matéria-prima para a produção de cachaça. A palestra mostrou o passo a passo sobre a forma correta e rentável de aproveitamento da cana, tecnologia sobre a qual os 13 empreendedores recebem orientações e acompanhamento através do trabalho do Senar.

Após a palestra, iniciou-se uma demonstração sobre todo o processo de produção da cachaça Baixão do Cosmo, conduzida pelo produtor Luís Fonseca e pela engenheira química do Senar, Sílvia Almeida.

O anfitrião Luís Fonseca contou que a produção da cachaça Baixão do Cosmo iniciou em 2005, na propriedade de 90 hectares e uma área plantada na média de 11 hectares. “Nosso processo de produção ocorre entre os meses de maio e novembro, onde empregamos oito funcionários, com a logística de comercialização feita por nossa família [ele, a esposa e um filho]”, enfatizou Fonseca, destacando que a produção média chega a 75 mil litros de cachaça por safra.

“Estamos na propriedade do produtor Luís Fonseca, apresentando e celebrando os resultados da cadeia da cachaça aqui no município de Sucupira do Riachão. Há um ano, o Sebrae e o Senar atendem um grupo de 13 alambiques que recebem orientações de transferência de tecnologia e melhor qualidade da cachaça”, comentou a coordenadora do Projeto Agronordeste do Sebrae Maranhão, Larissa Leite.

“Este Dia de Campo nos mostrou que estamos no caminho certo e que precisamos nos aperfeiçoar para poder vender nosso produto por um valor justo. Os incentivos do Sebrae e  do Senar nos ajudam a tirar nosso produto debaixo do balcão para as prateleiras das grandes lojas e supermercados”, enfatizou o produtor Aldebas Lima Sá, que fabrica a cachaça “Pinga do Capitão”, município de São João dos Patos.

“Quando produzimos, precisamos agregar valor à nossa produção. No caso de Sucupira do Riachão, é muito importante que a gente oriente sobre o cultivo da cana, aumentando a produtividade para que alcance maior produção em menor área plantada, o que significa menos custo para o produtor. Também é muito importante que se oriente sobre a transformação da cana, para que se possa produzir uma cachaça de qualidade. Pensando nisso, trouxemos o Senar para orientar sobre tecnologias na plantação e transformação da cana. Por outro lado, trouxemos o Sebrae, que orienta sobre a certificação, apresentação do produto e a busca do mercado para a comercialização da cachaça produzida. Um pedido que fazemos aos produtores é que se organizem, se associem aos sindicatos, para, juntos, terem mais força para colocar seus produtos no mercado por um valor justo”, pontuou o  presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão e do Sistema Faema/Senar, Raimundo Coelho.

 

Mais informações:

Assessoria de Imprensa do Sebrae no Maranhão

 Contato:

(98) 3216-6133

 

Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

Facebook.com/sebraema

Youtube/umcsebraema

Twitter: @Sebrae_Ma

Instagram: @SebraeMaranhao