Retomada

Sebrae disponibiliza orientações em biosegurança à empresas de turismo

Um dos Protocolos de Procedimentos apresenta orientações para práticas turísticas em área naturais e os cuidados a serem observados na sua operação com o cliente.

Seguindo o que se propõe o atual cenário do “novo normal”, autoridades, empresários, entidades de classe e a sociedade civil começam o processo de retorno das atividades econômicas e sociais no país. Aos poucos setores recebem autorização para reabrir estabelecimentos que estiveram fechados ao longo desse período de pandemia do Covid-19 e voltam a atender ao público.

Exemplo disso, na última quarta-feira, 01, foi reaberto para visitação pública, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. O anúncio foi feito pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão vinculado do Ministério do Meio Ambiente. O parque estava fechado desde o dia 23 de março.  

A reabertura das atividades turísticas no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses será gradual e por conta da pandemia, o número de visitantes foi reduzido para 55% da capacidade de público. O retorno deve respeitar as medidas de prevenção contra a Covid-19 estabelecidas pelo estado do Maranhão e pelos municípios de  Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz, que estão localizados dentro da unidade de conservação. As recomendações se aplicam para todos os prestadores de serviços, agências e operadores de turismo que atuam no Parque dos Lençóis e os turistas devem ser orientados sobre as novas determinações, as quais eles também precisam seguir.

Mesmo de forma reduzida, a reabertura do Parque sinaliza o gerar de boas expectativas para o turismo no estado e no país, uma vez que foi um dos setores mais impactados pela pandemia do novo coronavírus. Para esse momento a orientação do Sebrae tem sido, passando o pico da pandemia, é momento de preparação para a reabertura dos negócios, com especial atenção aos cuidados para enfrentamento da doença. É preciso adaptar-se para a retomada das atividades e a circulação social nesse novo contexto. É preciso entender a percepção dos novos hábitos de consumo. É preciso adaptar-se para o “novo normal”.

Neste contexto, a instituição construiu um conjunto de soluções setoriais na forma de Protocolos de Procedimento, comprovados pelos órgãos de saúde como experiências bem sucedidas na mitigação do contágio do Covid-19 e que garanta a retomada das atividades de forma segura. O propósito da iniciativa é oferecer a gestores públicos, empresários, colaboradores, consultores e comunidade parâmetros para orientar a retomada das atividades de forma adequada e segura. Os protocolos formulados pelo Sebrae contemplam os 47 setores e segmentos mais impactados pela crise da Covid-19. Os conteúdos disponibilizados apresentam referências de procedimentos em 28 requisitos, contemplando orientações gerais, critérios de saúde, segurança, higiene, relação com fornecedores, colaboradores e clientes.

Um desses protocolos foi elaborado para empresas que trabalham em áreas de turismo natural, a exemplo do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. O documento tem o intuito de orientar o empresário de pequeno negócio de turismo em áreas naturais, na retomada de suas atividades nesse novo contexto. Considerando, há seu tempo, os dispositivos regulatórios que autorizam essa retomada em cada região, e ainda, documentos referenciais que orientam a atuação segura.

O Sebrae elaborou orientações e recomendações práticas importantes para os pequenos negócios que atuam com turismo nessas áreas, considerando a sustentabilidade financeira da sua empresa, dos cuidados com o meio ambiente e com a comunidade do seu entorno. O conteúdo se preocupa primeiramente com a segurança e a saúde: pública, de trabalhadores, gestores e clientes, sobretudo este último, trazendo também informações para que os viajantes conheçam as boas práticas do setor e se sintam confiantes para voltar à realizar suas viagens.

Os protocolos são referências a serem utilizados de acordo com a oportunidade e a realidade de cada atividade e em acordo com as regras locais. A ideia é que o próprio empresário possa adotar os procedimentos para a segurança na oferta do produto ou serviço e, por meio de auto declaração, exibir o Adesivo de Vitrine de Negócio Seguro. Os clientes poderão identificar os estabelecimentos que adotarem protocolos de segurança, conhecer os procedimentos, atestar a implementação e divulgar o estabelecimento nas redes sociais, no contexto do Movimento Compre do Pequeno.

Os documentos, além de respaldados em orientações das maiores autoridades de saúde do mundo, também estão amparados na experiência e conhecimento do Sebrae acumulados ao longo de quase 50 anos de história e relacionamento com os pequenos negócios. Os conteúdos são dinâmicos e serão atualizados ao longo dos próximos meses, com as contribuições de empresários e das entidades setoriais representativas das micro e pequenas empresas. Para compartilhar essas orientações a todo o universo do empreendedorismo no Brasil, os Protocolos estão apresentados em diferentes formatos e serão disseminados em todas as plataformas da instituição.

O Sebrae compreende que apoiar os pequenos negócios no enfrentamento da crise provocada pela pandemia é a forma mais rápida e eficiente de fazer com que a economia do país possa se recuperar. Por suas características, os pequenos negócios representam o segmento que consegue reagir mais rapidamente às crises econômicas, retomando a geração de emprego e renda.

Os empresários podem acessar o conjunto de protocolos de biossegurança através do portal www.sebrae.com.br, lá as orientações estão divididas por segmento. Para o turismo, foram elaboradas medidas que contemplam meios de hospedagem, atividades de turismo em áreas naturais, agências de turismo, artesanato e empresas que tenham o turismo de negócios e eventos como mercado.

Além disso, o Sebrae no Maranhão tem seguido agenda com uma série de produtos e iniciativas que irão apoiar os empresários do turismo, a exemplo de Webinar, além de outras iniciativas, como a possibilidade de contratação de consultorias online e pacotes de consultorias específicas em biossegurança, que estão sendo formatadas pela equipe de especialistas da instituição.

“Formamos uma equipe multidisciplinar que agrega especialistas do Sebrae das mais diversas áreas de gestão, tecnologia, atendimento, competitividade, entre outras, e estamos concluindo um pacote de produtos que irão atender empresários de todos os segmentos da economia, seja com ferramentas de gestão e melhoramento dos seus negócios ou com ferramentas que irão auxiliá-los no cumprimento dos protocolos sanitários. Viabilizaremos o atendimento das demandas relacionadas aos protocolos por meio do Sebraetec”, garantiu o Diretor Técnico do Sebrae no Maranhão, Mauro Borralho.

A atuação da iniciativa pública também tem sido de extrema importância para esse momento de reabertura do Parque. Para a secretária de Turismo e Cultura de Barreirinhas, Virlene Camargo, apesar de ainda atravessar temos difíceis, a retomada gradual se faz necessária e medidas foram tomadas para que esse momento chegasse da melhor maneira possível a todos.

“Antes da reabertura tivemos criamos o decreto municipal que estabelece os protocolos de segurança sanitária para a retomada das atividades turísticas no município de Barreirinhas. Criamos também os protocolos de segurança específicos para cada setor do turismo e nesse sentido contamos com a ajuda do COMTUR na análise desses protocolos, para que esses documentos fossem construídos em conjunto. Outra ação foi a criação do Selo Municipal, onde as empresas que estiverem de acordo com os protocolos recebam este selo. Estamos também fiscalizando o cumprimento desses protocolos sanitários, nossos fiscais de turismo já visitaram mais de 50 empresas entre hotéis e Agências de Viagens e assim estamos preparados para receber os turistas que vierem nos visitar”, afirma a secretária.

 

Mais informações:

Assessoria de Imprensa do Sebrae no Maranhão

(98) 3216-6133

(98) 9 9189-4245

 

Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

Facebook.com/sebraema

Youtube/umcsebraema

Twitter: @Sebrae_Ma

Instagram: @SebraeMaranhao