Missão Chapada das Mesas-Jalapão

Sebrae do MA e TO viabilizam missão técnica entre biomas Chapada das Mesas e Jalapão

Em quatro dias, ação comprovou ser possível uma rota pautada no turismo de aventura entre os dois territórios que abrigam chapadões, rios de águas cristalinas, cachoeiras, fervedouros, dunas e muitas belezas naturais.

Os biomas entre os dois estados são semelhantes, mas cada um traz seus encantos e particularidades. Enquanto a maranhense Chapada das Mesas surpreende pelas belas paisagens de um cerrado mais raso, cortado por imensos paredões de arenito e quedas d´água que ultrapassam os 70 metros de altura, o ambiente do Jalapão é mais rústico, também com suas mesetas, paredões rochosos e serras unidas por centenas de quilômetros de estradas de terra que desembocam em fervedouros, buritizais, lagoas e cachoeiras para refrescar os viajantes.

Analisar de maneira mais próxima, com o olhar voltado para a viabilidade turística e comercial de um roteiro integrado entre os dois biomas, foi o objetivo da missão Trilha Técnica Chapada das Mesas-Jalapão, organizada e coordenada pelos Sebrae Maranhão e Tocantins, nos primeiros quatro dias deste mês de novembro. Uma ação que contou com a participação dos diretores executivos da instituição dos dois estados, representantes dos governos do Maranhão e Tocantins e da iniciativa privada, além da Instância de Governança do Polo Chapada das Mesas.

Um roteiro integrado entre os dois territórios, que traz como forte apelo o turismo de aventura e ecoturismo, foi proposto pelos Sebrae Maranhão e Tocantins há cerca de sete anos. “Tínhamos a experiência de sucesso e a expertise adquirida na estruturação da Rota das Emoções e pensamos na mesma proposição para esses dois territórios do cerrado brasileiro, principalmente quando a governança da Chapada das Mesas havia sido estabelecida”, relembra o diretor técnico do Sebrae Maranhão, Mauro Borralho de Andrade, relatando que, à época, as estratégias institucionais seguiram para um outro horizonte e o Sebrae Nacional decidiu adiar o projeto.

“Hoje, porém, outro cenário se apresenta e pode viabilizar não apenas o mapeamento, mas a concretização de mais um roteiro turístico no país, dessa vez unindo 12 municípios maranhenses que compõem o Polo Turístico Chapada das Mesas com o território do Parque Estadual do Jalapão e as Áreas de Proteção Ambiental do entorno – juntos, os dois destinos receberam no ano passado cerca de 110 mil visitantes.  E essa missão, de caráter totalmente técnico, teve o objetivo de alinhar a proposta da integração com os entes que serão a base desse processo”, reforçou o diretor, informando que do Maranhão, três unidades regionais do Sebrae estão diretamente envolvidas nessa ação: Balsas, Imperatriz e Açailândia.  

Para a diretora técnica do Tocantins, Eliana Castro, não existe dúvida quanto à viabilidade dessa nova rota turística. “São dois destinos fantásticos do nosso país com semelhanças e peculiaridades, sendo grandes indutores do turismo de aventura e ecoturismo. Porém, assim como em toda a construção, as bases devem ser bem firmes e sólidas. Temos muito a dialogar, alinhar, ajustar e contribuir de ambos os lados para que essa integração aconteça de maneira positiva, tenha sustentabilidade e ganhos para as comunidades dos dois territórios”, apontou a executiva.

Na trilha da aventura      

A expedição partiu da cidade maranhense de Balsas a caminho do município de Lizarda, no Tocantins, um lugar pacato, de gente hospitaleira e que, certamente, terá sua economia dinamizada quando a rota proposta for estabelecida.

Ao longo dos 960 Km percorridos até Ponte Alta do Tocantins, passando pelos municípios de São Félix e Mateiros, e contando com os acessos aos atrativos, os participantes se convenciam cada vez mais da possível integração turística. O olhar técnico se tornava mais aguçado quando surgiam os buritizais, as lagoas, as cachoeiras e os irresistíveis fervedouros cercados por bananais que contrastam com o azul de suas águas.   

“Opinamos no que observamos e propusemos algumas ações futuras, tendo como referência as experiências e transformações vividas no polo Chapada das Mesas nos últimos anos. Hoje, a concretização desse roteiro integrado está cada vez mais próxima. O nosso desafio é grande, mas temos certeza que o resultado será ímpar e teremos, ao final, um produto pensado e estruturado a várias mãos, com o cuidado de preservar as particularidades de cada destino e vislumbrando o benefício econômico para os dois territórios”, destaca o superintendente estadual do Polo Chapada das Mesas, Beto Kelnner.  

  

Mais informações:

Assessoria de Imprensa do Sebrae no Maranhão

(98) 3216-6133

 

Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

Facebook.com/sebraema

Youtube/umcsebraema

Twitter: @Sebrae_Ma

Instagram: @SebraeMaranhao