Agronegócio

Sebrae media reunião entre piscicultores e superintendente da Codevasf

Encontro discutiu melhorias da produção como a viabilização do beneficiamento do pescado na região

O gerente da unidade regional do Sebrae Santa Inês, Aluízio Muniz, esteve reunido na última quinta-feira (16), com o superintende da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaiba - CODEVASF, João Martins, e produtores de peixe do povoado Itans, na zona rural de Matinha, para discutir as dificuldades enfrentadas pela comunidade, que tem na criação de peixe, a principal atividade econômica da região.

Atualmente, a localidade produz cerca de 1.200 mil quilos de peixes ao ano, abastecendo municípios da região próxima e mercados mais distantes, como São Luís e Imperatriz. Apesar deste resultado expressivo, os piscicultores contam que ainda têm limitações no escoamento da produção.

O presidente da associação local que reúne os piscicultores Itans, Elizeu Martins, destaca que, em alguns meses do ano, a estrada sem pavimentação dificulta o transporte do pescado, bem como a chegada da ração para alimentação das espécies. Ele também levantou problemas como a falta de uma fábrica de gelo no povoado, a necessidade da aquisição de uma beneficiadora para limpeza e filetagem do peixe e até a busca por novos mercados que possam receber a produção – que tem aumentado gradativamente.

O Sebrae, que acompanha o projeto desde a implantação, mediou o encontro buscando contribuir com os produtores. “Sabemos do potencial de Itans e estamos dispostos a intermediar e buscar as soluções para os piscicultores. O Sebrae acredita na força empreendedora desse grupo e tem grande interesse em fortalecer a atividade no município e também na região”, apontou Aluízio Muniz.

O superintendente da Codevasf também afirmou o interesse da companhia em apoiar o desenvolvimento da piscicultura na Baixada Ocidental e, para isso, verificar as demandas dos pequenos produtores. “Viemos para saber quais são as demandas e necessidades dos piscicultores para melhoramento da cadeia produtiva de Itans. Se a necessidade é a melhoria e a implantação da filetagem, o acondicionamento do produto ou a logística de transporte, vamos conhecer as aspirações do grupo e tentar viabilizar soluções”, afirmou o superintendente João Martins.

 

Mais informações:
Assessoria de Imprensa Sebrae no Maranhão
(98) 2316-6133 (98) 2316-6134
(98) 2316-6158 (98) 2316-6197

Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
Facebook.com/sebraema
Youtube/umcsebraema 
Twitter: @Sebrae_Ma

 

Tags: piscicultura, Agronegócios