Dia dos Namorados

Data abre oportunidades para ampliar vendas e reposição de estoques

Com boa expectativa de melhoria de vendas, Dia dos Namorados deve estimular consumo, mas empresas precisam se preparar com inovação e estratégias para atrair e fidelizar clientes

Mês das tradicionais fogueiras e celebrações aos santos juninos, junho abriga também no calendário a quarta data comemorativa mais promissora para o varejo – o Dia dos Namorados, comemorado no dia 12, véspera de Santo Antônio, o santo casamenteiro.

 

Invenção capitalista ou não, o Dia dos Namorados costuma impulsionar o varejo, gerando oportunidade para aumento dos lucros e bons negócios. Se o Natal e Dia das Mães são, respectivamente, campeão e vice incontestáveis no varejo, as outras datas fortes se alternam ano a ano nas posições seguintes.

 

Em 2020, as vendas na semana do Dia dos Namorados aumentaram 8,6% em comparação com o mesmo período do ano anterior, segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio. No comércio eletrônico, a alta foi de 15%, com faturamento de cerca de R$ 680 milhões de reais com mais de 2 milhões de pedidos realizados no período que antecedeu a data.

 

Para as micro e pequenas empresas e empreendedores individuais, em tempos de pandemia, o Dia dos Namorados representa uma esperança de melhoria nas vendas, aumento de caixa e equilíbrio das finanças, especialmente para quem  já vislumbra possibilidade de retomada mais de rápida, quanto mais ágil for o crescimento da vacinação contra a Covid-19.

 

Recuperação de vendas

Para este ano, embora a pandemia ainda esteja presente no País, a expectativa é de relativa recuperação das vendas no Dia dos Namorados de 2021. De acordo com a estimativa da Confederação Nacional do Comércio – CNC, este ano o comércio deve ter um crescimento de 29,4% na data, em comparação com 2020, projetando um total de R$ 1,8 bilhão de volume de vendas. Os números da CNC referem-se somente ao comércio de lojas físicas e constam do estudo sobre Expectativa de Vendas para o Dia dos Namorados.

 

“As Datas Comemorativas são excelentes oportunidades de alavancagem de vendas, injeção de renda numa economia tão fragilizada como neste momento”, avalia o gerente da Unidade de Gestão de Soluções Empresariais do Sebrae-MA, César Guimarães.

 

Conforme ele, “é extremamente importante aproveitar o momento que os consumidores estão propensos a comprar algum produto para presentear alguém e o mês de Junho é muito lembrado pelas festividades folclóricas e por datas como o Dia dos Namorados, que vem ao encontro dessa oportunidade”.

 

O gerente reforça ainda a  necessidade de as empresas buscarem um diferencial, apostarem em promoções, combos de produtos ou serviços para o par de namorados. buscar na carteira de clientes, aqueles que deixaram de comprar ou frequentar a empresa e colocar em evidência, em destaque as promoções, produtos e serviços destinado aos apaixonados.

 

Empresa aposta na criatividade e inovação para impulsionar vendas

Empresas como a Kombiju se prepararam para data, com a oferta de produtos diferenciados e inovadores. Trata-se de marca local, atuando no segmento de acessórios, bijuterias e pratas. Há quatro anos no mercado, a empresa foca nas datas comemorativas como uma oportunidade de crescimento de vendas.

 

Pelo terceiro ano seguido, no Dia dos Namorados, a Kombiju coloca em cena uma linha especial personalizada chamada Kombinamos, composta por produtos que incluem bijuterias, canecas e kits temáticos, numa pegada moderna e romântica, bem ao gosto dos apaixonados.

 

Monaliza Carvalho, idealizadora da Kombiju, conta que ano passado a oferta de produtos customizados para o Dia dos Namorados resultou em um aumento de 30% das vendas com relação a um mês normal de trabalho. E este ano, além de produtos de bom gosto e embalagens elegantes, a empreendedora também aposta em estratégias de fortalecimento da marca.

 

Para os clientes que comprarem os produtos, além do cartão para acompanhar o presente, adicionando um valor simbólico à compra, o cliente ganha um joguinho impresso – o Kombinamos – com tarefas divertidas para animar as comemorações dos enamorados. Segundo Monaliza, é costume da empresa criar esses mimos para fidelizar os clientes”, explica Monaliza.

 

Para a empreendedora, as datas comemorativas são também um bom momento para oferecer experiências de compras memoráveis à clientela. “As pessoas gostam de receber atenção e de se sentirem especiais. O cliente se sente satisfeito e isso traz uma nova dimensão à experiência de comprar.

 

Tivemos ótimas vendas ano passado, tivemos mais visibilidade e clientes já esperavam, ansiosos, pela coleção deste ano. Criamos novos modelos de acessórios, que podem ser usados pelo casal, e também novas artes para canecas e personalizados, além das embalagens e do jogo Kombinamos. Com essas estratégias, queremos crescer 30% com relação ao ano passado”, planeja Monaliza.

 

“Idealizamos o jogo para ter um diferencial e aumentar o nosso ticket médio., hoje estimado em R$ 100. Pensamos com cuidado também nas embalagens, desde a caixinha até o cartão de presente, tudo para valorizar e encantar o nosso cliente e para fortalecer a nossa presença tanto no meio digital, como na loja física”, acrescenta ela.

Instalada no Champs Mall, na Península (Ponta D’Areia, antigo Hotel Praiamar), a Kombiju emprega três pessoas, contando com Monaliza. Além da loja física, as redes sociais, o site e o Whats App tem dado impulso ao negócio, que contabiliza um crescimento de 40% no faturamento no último ano, mesmo com a crise.

 

Cliente do Projeto Delas Sebrae Mulher de Negócios, ela revela que o apoio do Sebrae tem sido fundamental na abertura de novos mercados, redes de contato. As mentorias e consultorias asseguradas pelo projeto trouxeram resultados positivos no fortalecimento da presença digital, na formulação das estratégias de crescimento e na gestão do negócio.

 

Conforme Monaliza, tudo isso se reflete no amadurecimento do negócio e em conquistas como ter levado uma coleção de acessórios sustentáveis para um evento de moda na Argentina. “Algo lindo e inesquecível”, diz ela, que planeja para o futuro tornar a Kombiju a maior  marca de acessórios praianos do Brasil.

 

Vendas online terão participação expressiva neste ano

Segundo o Estudo Webshoppers 43ª edição, o Dia dos Namorados foi a data comercial que mais vendeu no comércio eletrônico do Brasil em 2020, considerando todo o período de vendas. No total de 15 dias, o faturamento nas lojas virtuais foi de R$ 4,1 bilhões, o que representa R$ 278 milhões diários. Por dia, a data rendeu mais que o Dia das Mães, o Dia dos Pais e até o Natal, apresentando um acréscimo de 91% em relação a 2019, com um ticket médio de R$ 449,00.

 

Outro dado da Webshoppers ainda chama atenção: o ticket médio de consumidores recorrentes é maior que o de novos consumidores no comércio eletrônico. Isso quer dizer que no Dia dos Namorados de 2021 as compras individuais podem ser ainda maiores, considerando que uma grande parcela do público brasileiro passou a usar o e-commerce no período.

 

Para César Guimarães, “a internet é uma excelente ferramenta para evidenciar a marca e se tornou importante espaço de vendas. O mercado atual não permite mais que, qualquer negócio, deixe de lado as estratégias para utilizar a internet como fator de divulgação e de vendas”.

 

“As redes sociais, o e-commerce, as vitrines digitais e os market places, propiciam muita agilidade no recebimento das informações e aproximam o consumidor da empresa. Então, é fundamental que as empresas fortaleçam a presença no ambiente digital com estratégias inovadoras, focadas no cliente, mas que se preocupem com o atendimento e a logística de entregas, embalagens e pagamentos”, enfatiza o gerente.

 

Mais informações:

Assessoria de Imprensa do Sebrae no Maranhão

 

Contato:

(98) 3216-6133

Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

Facebook.com/sebraema

Youtube/umcsebraema

Twitter: @Sebrae_Ma

Instagram: @SebraeMaranhao